Oficina de Orizomegami

Ministrante: Roberta Kremer

Resumo:
Orizomegami é uma técnica japonesa de dobrar e tingir o papel usando corante natural. O objetivo da oficina é promover uma atividade lúdica que trabalha com conceitos matemáticos de geometria de uma forma surpreendente e apaixonate, criaremos estampas geométricas no papel usando cores primárias, extratos vegetais líquidos. Outro pilar da oficina é explicar como se extrai a cor na natureza, mostrar a estrutura da planta e sua força tintória, tudo com atividades muito simples para crianças de 5 a 12 anos.

Metodologia:
O cronograma da Oficina começa com uma apresentação gráfica sobre cor e pigmento, como se extrai as cores da natureza.
Falaremos sobre a técnica Orizomegami, como podemos criar estampas super coloridas no papel.
A prática começa com cada criança dobrando o papel aquarela e isolando áreas do papel com materiais simples como grampos, rashi, palito de sorvete e utensílios de bambú.
Em seguida molharemos o papel na tintura vegetal, usando as cores primárias.
A abertura e a surpresa do Orizomegami é fantástica e cada criança terá um desenho único para se orgulhar, motivando a capacidade criativa.
Enquanto seca o papel as crianças pintarão o desenho da planta e sua capacidade tintória com tinta vegetal para levar para casa.
Encerramos a oficina analisando o resultado e a soma das cores de cada papel.

 

Sobre a ministrante:
Roberta Kremer é designer formada pela PUC-PR e atuou por 18 anos no mercado de street wear brasileiro desenhando estampas e calçados. Em 2008 começou a customizar calçados e camisetas e experimentar o tingimento artesanal. Hoje pesquiso tingimento artesanal e natural, ecoprint e ministra oficinas de Shibori com índigo natural.

 

Quando: domingo, 21/05/2017, das 17:30 às 18:30
Local: Espaço Aldo Nunes, Oficina II – Museu da Escola Catarinense (MESC)
Duração: 01 hora
Público-alvo: entre 05 e 12 anos
Vagas: 10
Investimento: R$45,00

Inscrições encerradas.